A arquitetura imponente chama a atenção de quem passa pelas ruas da Cidade Alta, no centro da Capital. A Catedral de Vitória é um símbolo para os católicos e um ponto turístico há mais de 100 anos.

A Catedral Metropolitana de Vitória, começou a ser construída em 1920 e foi concluída em 1970. Quem fez o projeto inicial, foi Paulo Motta, entretanto, a ideia foi sendo modificada ao longo dos anos, recebendo colaboração de vários arquitetos e artistas.

A paróquia está localizada onde, até 1918, havia uma igreja denominada Nossa Senhora da Vitória, que era a Matriz da capital. Tratava-se de uma igreja em estilo colonial, que foi modificada a partir de 1551, quando Vitória ainda era chamada de Vila Nova.

Em 1985, foi criada a Diocese do Espírito Santo e com a nomeação do primeiro bispo, Dom João Batista Correia Nery, a igreja recebeu o título de Catedral.

Algum tempo depois, já desgastada e pequena para o número de fiéis que estava recebendo, a igreja foi destruída para que uma igreja maior fosse construída.

Em maio de 1984, a agora, Catedral Metropolitana de Vitória, foi tombada pelo Conselho Estadual de Cultura.

Catedral de Vitória, Espírito Santo, junho de 1972. Arquivo Nacional..
Secretaria Online